Saúde

7 mitos e verdades do câncer de mama

cancer de mama

Em 27 de novembro é datado o Dia Nacional de Luta contra o Câncer de Mama. A doença é a maior causa de morte por câncer nas mulheres em todo o mundo, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), que estima para 2014 o diagnóstico de 57.120 novos casos da doença.

Para o professor adjunto da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), Felipe Zerwes, mulheres de qualquer idade podem ter a doença. “Esse tipo de câncer é raríssimo em adolescentes e a incidência é baixa em pacientes abaixo de 35 anos, mas independentemente da idade, todos os casos suspeitos devem ser investigados adequadamente. A idade mais comum do diagnóstico é a partir dos 50 anos”, comenta o mastologista.
Confira os mitos e verdades mais comuns do câncer de mama e tire dúvidas sobre a doença, que, se diagnosticada precocemente, tem altas chances de cura.

1. Dor na mama significa câncer?
MITO. Um grande número de pacientes, ao sentir dor na mama, logo acredita estar relacionada ao câncer, quando, na verdade, o câncer de mama na maioria dos casos é indolor.

2. Mulheres com histórico familiar da doença possuem mais risco de desenvolver o câncer?
VERDADE. Cerca de 5% a 10% dos casos de câncer de mama apresentam uma mutação genética, que predispõe o aparecimento da doença. As mulheres com histórico familiar possuem risco maior dessas mutações do que a população em geral.

3. O perfil genômico (Symphony) auxilia a identificar qual o melhor tratamento do câncer de mama?
VERDADE. O estudo do perfil genômico da doença permite conhecer melhor o grau de agressividade do tumor, possibilitando uma escolha de tratamento mais apropriada para cada caso. É a chamada’ individualização do tratamento’.

4. Todo câncer de mama precisa ser tratado com quimioterapia?
MITO. O perfil genômico indica se a mulher com câncer precisa de quimioterapia, a partir de análise do subtipo de tumor. Caso seja de baixo risco, há possibilidade de exclusão do procedimento que, além da queda de cabelo, acarreta efeitos colaterais diversos, que podem até levar a paciente à internação.

5. O uso de desodorante aerossol pode causar câncer?
MITO. Essa crença se deve à suposição de que certas substâncias químicas presentes no desodorante aerossol estejam relacionadas com aumento de risco para câncer de mama, porém, evidências científicas disponíveis não corroboram a informação.

6. Todo nódulo pode ser caracterizado como tumor?
VERDADE. Tumor é um termo geral que caracteriza uma nodulação. Existem tumores benignos e tumores malignos. O câncer é um tumor maligno. A maioria dos tumores (ou nódulos) é benigna.

7. Há um procedimento diferente para as mulheres que têm prótese nos exames preventivos?
VERDADE. A paciente portadora de implantes de silicone realiza uma técnica especial durante a mamografia, denominada manobra de Eklund, para melhor visualização da mama.

Texto: RS Press. Foto: Divulgação/Google

Alimentos e substâncias que provocam e evitam a dor de cabeça

shutterstock_121296148 (1)

A quantidade do que é consumido também faz diferença para desencadear as cefaleias

As cefaleias são comuns na vida de muitas pessoas e há diferentes causas para este tipo de problema. A alimentação, por exemplo, pode ser fator determinante para desencadear a tão indesejada dor de cabeça.

“Existem algumas substâncias em certos alimentos que podem desencadear ou agravar diferentes tipos de dor de cabeça em pessoas suscetíveis ao problema. E essa interferência alimentar nas cefaleias só acontece de acordo com a correlação entre quantidade, temporal e digestão”, explica Dr. Deusvenir de Souza Carvalho, neurologista e membro da Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBC).

O neurologista ainda reforça: “Por exemplo, uma pessoa que come chocolate num dia e a dor aparece somente no outro, isso não quer dizer que o motivo foi pelo consumo. Agora, se a mesma situação se repetir frequentemente, aí sim pode ter relação e o indivíduo deve procurar um especialista”.

Nos casos de enxaqueca, Dr. Deusvenir diz que o paciente pode ter uma crise por um alimento e não por outro. “Não dá para generalizar. Cada pessoa tem uma reação. Por exemplo, uma pode sentir dor de cabeça quando ingere chocolate e a outra queijo. É uma questão personalizada”.

Para entender quais são as substâncias que favorecem os diferentes tipos de dor de cabeça, o Dr. Deusvenir destacou as principais e em quais alimentos encontrá-las.

AMINAS – substância presente em queijos, chocolate, cerveja, vinhos, entre outros.

“A amina altera a calibração e dilatação dos vasos sanguíneos contribuindo para a dor de cabeça”.

CAFEÍNA – os alimentos mais comuns que contém essa substância são café, chás pretos e refrigerantes.

“A cafeína eleva a pressão arterial através da contração dos vasos sanguíneos. Essa situação pode causar cefaléia naquelas pessoas que tem o organismo mais sensível e pouco ao consumo desta substância”.

HISTAMINA E TIRAMINA – presentes em bebidas alcoólicas, como cervejas e vinhos.

“Neste caso, a histamina e tiramina podem desencadear ou piorar o quadro da dor de cabeça. Por isso, muitas pessoas que ingerem em excesso apresentam cefaleia no dia seguinte”.

LIPÍDEOS – manteiga, carnes gordas, queijos, frituras, doces, requeijão, leite integral, entre outros.

“Alimentos com lipídeos têm proteínas alergênicas que, por sua vez, causam dores de cabeça”.

NITRATOS E NITRITOS – salame, presunto, camarão, salsicha, etc.

“Essa substância está presente nas carnes vermelha e branca. Como a amina, altera a calibração e dilatação dos vasos sanguíneos contribuindo para a cefaleia”.

“É importante ressaltar que as substâncias citadas apenas contribuem para uma possível cefaleia já existente. Isso não quer dizer que devemos deixar de consumir os alimentos citados, mas serve como referência para aqueles que apresentarem a dor. O segredo está na quantidade de consumo”, diz o Dr. Deusvenir.

E o que pode ajudar a evitar a cefaleia?

MAGNÉSIO – Presente em vegetais folhosos, nozes, arroz integral, pão integral, aveia, entre outros.

“Reduz o espasmo dos vasos arteriais e relaxa a musculatura tensionada. Normalmente, quem tem enxaqueca apresenta falta de magnésio”.

TRIPTOFANO – Verduras, feijão, ovos, carnes, aves, pescados, etc.

“Este aminoácido é um neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar, além de reduzir a ansiedade, o que contribui para o indivíduo não sentir dores de cabeça”.

OMEGA-3 – Linhaça, peixes e ovos.

“Podemos dizer que o ômega-3 é uma gordura “boa” e que tem ação anti-inflamatória”.

ALIMENTOS ANTIOXIDANTES – cenoura, gengibre, maça e kiwi.

“Esses alimentos contribuem para bloquear as prostaglandinas, substâncias responsáveis pelos processos de inflamação”.

FEVERFEW E GENGIBRE – Chás

“O Feverfew é um chá de camomila americano que ajuda muito no tratamento do combate à enxaqueca, principalmente, em dias de crise. O mesmo acontece com o Gengibre”.

Mesmo com uma alimentação saudável e balanceada, se não for possível evitar a dor de cabeça, pode-se utilizar analgésicos para amenizar o incômodo, como a Neosaldina®, que contribui no alívio da dor e do mal estar causado¹. “Fugir dos excessos é essencial. Para isso, deixar de ingerir alimentos como cafeína, evitar o jejum prolongado e a mistura de bebidas, além de ter uma boa noite de sono, são considerações importantes para não apresentar a cefaleia”, completa o Dr. Deusvenir.

CRM(SP) 24.880

Referência:

1. Neosaldina® [Bula]. São Paulo: Takeda Pharma Ltda.

Sobre Neosaldina®

Neosaldina® é um analgésico presente no Brasil desde 1972, indicado para o tratamento de diversos tipos de dor de cabeça. Fabricado pelo laboratório farmacêutico Takeda, possui quatro apresentações: caixa com 30 drágeas, cartela com quatro drágeas, embalagem com uma drágea e gotas (15 ml). Classificado como medicamento isento de prescrição (MIP), Neosaldina® é líder de mercado em sua classe terapêutica e o segundo medicamento mais comercializado em todo o País (fonte: IMS Health Brasil/PMB – ano 2011).

NEOSALDINA® Drágeas dipirona, mucato de isometepteno, cafeína. NEOSALDINA® Solução oral – Gotas dipirona, cloridrato de isometepteno, cafeína. Indicações: como analgésico e antiespasmódico, indicado para o tratamento de diversos tipos de dor de cabeça ou cólicas. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. NEOSALDINA® É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. “Vide bula para dosagem correta – dependendo do paciente a dosagem pode variar de 1 a 2 drágeas”. Registro MS 1.0639.0231. Novembro/2014

Informações sobre a Takeda

Sediada em Osaka, Japão, a Takeda é uma companhia farmacêutica global que investe em pesquisa e inovação para comercializar mais de 700 produtos em 70 países, sendo especialmente forte na  Ásia, América do Norte, Europa e Mercados Emergentes,  incluindo América Latina, Russia-CIS e China. Fundada há 233 anos, hoje é uma das 15 maiores farmacêuticas do mundo e a número 1 no Japão, graças ao esforço continuo de seus 31.000 colaboradores em lutar pela melhoria da saúde e um futuro mais brilhante das pessoas em todo o mundo por meio da liderança na inovação de medicamentos.

As áreas terapêuticas em que a Takeda atua incluem cardiovascular e metabólica, oncologia, respiratória e imunologia, endocrinologia, gastroenterologia, otorrinolaringologia, pneumologia, neuropsiquiatria, sistema nervoso central, medicina geral e vacinas. Com a integração da Millennium Pharmaceuticals e da Nycomed, a Takeda vem se transformando, aumentando sua expertise terapêutica e alcance geográfico.

A Takeda está entre as 10 principais farmacêuticas do Brasil, tem duas fábricas instaladas no território nacional – Jaguariúna (SP) e São Jerônimo (RS) – e conta com quase 2.000 colaboradores. A área de OTC (medicamentos isentos de prescrição) representa mais de 40% do faturamento da companhia e tem no portfólio produtos conhecidos como Neosaldina® (analgésico), Eparema® (digestivo) e Nebacetin® (antibactericida). Em sua área Rx (medicamentos de prescrição médica), as principais especialidades atendidas pela Takeda são: gastroenterologia, otorrinolaringologia, pneumologia, imunologia e respiratória. A empresa prepara-se para lançar nos próximos anos medicamentos para novas áreas terapêuticas como oncologia e cardiometabólica.

A afiliada no Brasil adquiriu em julho de 2012 o laboratório nacional Multilab – com portfólio focado em medicamentos OTC, genéricos e genéricos de marca – com o objetivo de diversificar a carteira de produtos da companhia e aproximar-se ainda mais da nova classe média.

Há informações adicionais sobre a Takeda no site corporativo da empresa: http://www.takedabrasil.com

Cresce número de mulheres que precisam de ‘ajuda’ para engravidar

117883_Papel-de-Parede-Nova-vida_1920x1200

Com o avanço da ciência, mais e mais mulheres buscam ‘ajuda especializada’ para ter um bebê. Nos Estados Unidos, de acordo com a Society for Assisted Reproductive Technology, em 2012 nasceram dois mil bebês a mais do que no ano anterior a partir de técnicas de fertilização assistida – totalizando quase 62 mil. Esse panorama otimista vai de encontro a uma forte tendência naquele país, que é a queda – desde 2007 – na taxa de natalidade. O Brasil vive situação semelhante: queda na quantidade de filhos por casal (1,8) e aumento da taxa de bebês que nascem por meio de fertilização in vitro. Na opinião de Assumpto Iaconelli Junior, especialista em Medicina Reprodutiva e diretor do Grupo Fertility, cada vez mais os casais priorizam carreira e estabilidade financeira, deixando para aumentar a família depois.

“Entre os anos 80 e 90, a maioria das mulheres engravidava com vinte e poucos anos e tinha pelo menos dois filhos até os 30 anos. Hoje, muitas estão deixando para ter o primeiro filho com 30 anos ou mais. Trata-se de uma tendência mundial. Embora elas tenham mais acesso a tratamentos de saúde, a fertilidade sofre relevante declínio com o tempo. Até mesmo as técnicas de fertilização assistida têm taxas de sucesso inferiores para pacientes com mais de 35 anos. Nessa faixa etária, por exemplo, um em cada três casais terá de recorrer a tratamento para ter um bebê. Daí a importância, também, do planejamento. Se o casal tem consciência de que vai adiar o máximo possível uma gravidez, é prudente buscar aconselhamento com profissionais especializados para minimizar os problemas”, diz Iaconelli.

Um dos entraves da maternidade tardia é, como citou o médico, a queda brusca na taxa de fecundidade feminina. Mesmo analisando somente os tratamentos de fertilização assistida, a queda é acentuada. De acordo com a entidade norte-americana, em 2012 as taxas de sucesso dos tratamentos de fertilização in vitro foram de 40% para pacientes com menos de 35 anos, 31% para quem tinha entre 35 e 37 anos, e de apenas 3,9% para mulheres com 42 anos ou mais. No ano passado, os resultados aqui no Brasil foram mais promissores. “Alcançamos uma taxa de gestação de quase 45% para mulheres entre 31 e 35 anos e de 40% para pacientes na faixa etária de 40 anos. São bastante expressivas e revelam o quanto temos avançado em termos de tecnologia e profissionais especializados”, revela o especialista.

De acordo com o 7º Relatório do Sistema Nacional de Produção de Embriões, da Anvisa, houve aumento médio de 5% no número de embriões produzidos e ciclos de fertilização in vitro realizados entre 2012 e 2013. Enquanto a quantidade de embriões produzidos saltou de 93 mil para mais de 98 mil, os ciclos realizados aumentaram de 21 mil para 24 mil – com taxa média nacional de fertilização em 74%. Desde 1978, quando nasceu o primeiro “bebê de proveta”, no mundo todo já nasceram mais de cinco milhões de bebês a partir de técnicas de reprodução assistida.

Fontes:

Dr. Assumpto Iaconelli Junior, médico ginecologista, especialista em Medicina Reprodutiva, sócio-diretor do Fertility Medical Group. www.fertility.com.br

http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/b3df8a00449b6eb485a4851624d7ec81/7_relatorio.pdf?MOD=AJPERES

https://www.sartcorsonline.com/rptCSR_PublicMultYear.aspx?ClinicPKID=0

 

Mais sobre o Fertility Medical Group

Há 22 anos o Fertility Medical Group transforma em realidade o sonho de muitos casais: ter um bebê. Os especialistas Assumpto Iaconelli Jr. e Edson Borges Jr. – grandes nomes da Medicina Reprodutiva no Brasil – estão na liderança dessa equipe que conta com profissionais altamente capacitados e comprometidos com os objetivos dos pacientes.

Por ocupar uma posição de destaque nos congressos internacionais (tendo sido premiado pela apresentação de inúmeros trabalhos nos últimos dez anos seguidos) e adotar rigorosamente todas as normas de controle de qualidade requeridas para cada um dos procedimentos realizados, o Fertility é referência em Fertilização Assistida, sendo certificado pela Rede Latino-Americana de Reprodução Assistida.

Há 16 anos o grupo criou seu braço acadêmico: o Instituto Sapientiae. Entidade assistencial e educacional sem fins lucrativos, o instituto atua em três frentes: ensino, formando profissionais na área de Medicina Reprodutiva; pesquisa, gerando inúmeros trabalhos científicos publicados em revistas de relevância nacional e internacional e apresentados em congressos; e assistencial, atendendo cerca de 500 casais ao ano, sendo 20% tratados gratuitamente.

Na última década, o Fertility ampliou o alcance de seu trabalho, dando origem às unidades de Bauru, no Interior Paulista, e Campo Grande, no Mato Grosso do Sul – além das unidades satélites de Santana, São José dos Campos e Três Lagoas.  Esse é o Fertility Medical Group.

Como a escolha da cadeira que você usa pode afetar a sua saúde?

Segundo a Norma Regulamentadora 17, os assentos utilizados nos postos de trabalho devem atender a alguns requisitos mínimos de conforto como a altura ajustável à estatura do trabalhador e à natureza da função exercida.

Cézzane_LDI6942

Faz um tempo que o ato de sentar mudou. Deixou de ser um momento de descanso para se tornar uma posição rígida e concentrada no ambiente de trabalho. Quantas horas passamos com o corpo na frente do computador na mesma posição? Às vezes, a maior parte do nosso dia! Daí a importância de estar acomodado de forma correta.

Para Luiz Cláudio Mazolla Vieira, mestre e professor da disciplina de Ergonomia, do curso de Design Industrialda Universidade do Vale do Itajaí (Univali), essa necessidade deve ser observada antes que seja tarde demais e as dores comecem. “Hoje passamos mais tempo no ambiente de trabalho e, por isso, é necessário e fundamental observar a postura, para não ocorrer desgastes musculares, dores ocasionadas pelo uso inadequado, aquisição de doenças como LER/DORT, afastamento do trabalho por causas físicas entre outros sintomas provenientes da falta de adaptação do ambiente de trabalho ao usuário”, aponta.

Os escritórios, quase em sua totalidade, possuem estruturas com cadeiras e mesas, onde as pessoas ficam sentadas cerca de oito horas ou mais. Além das preocupações ergonômicas, o ambiente corporativo e seu mobiliário devem atender as normas regulamentadoras (NRs) do Ministério do Trabalho e Emprego e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A NR 17, por exemplo, estabelece os padrões imprescindíveis ao mobiliário. Segundo essa norma, os assentos utilizados nos postos de trabalho devem atender a alguns requisitos mínimos de conforto como a altura ajustável à estatura do trabalhador e à natureza da função exercida; características de pouca ou nenhuma conformação na base do assento; borda frontal arredondada e encosto com forma levemente adaptada ao corpo para proteção da região lombar.

Matisse

De acordo com o diretor comercial da NetChairs, site especializado em cadeiras para escritório, Cristiano Winckler o espaço de trabalho deve oferecer condições de mobilidade adequados à nova realidade postural com locais projetados e desenvolvidos de modo personalizado. “Não basta só vender a cadeira é preciso conhecer a necessidade de quem vai usa-la”.

Ou seja, a escolha de compra e uso de uma cadeira, deve ser analisada de forma conjunta com as atividades do usuário e suas necessidades. Cadeiras com assentos flexíveis que possuem controles para ajustes de regulagens, encosto incorporado e ajustável, descanso regulável para o braço, apoio lombar regulável, estofamento incorporado e rodízios para mobilidade são itens necessários para atividades de longa permanência, possibilitando condições de conforto e segurança, que permitem maior variação de postura.

De olho nesse nicho, a NetChairs aposta na importação de cinco novos modelos na linha premium de cadeiras de escritório, e já disponíveis para compra. “Existe uma demanda por esse tipo de produto premium. Hoje, os modelos que mais vendem no site são os de valor mais alto e com maiores recursos”.

Pelo conceito da Associação Brasileira de Ergonomia (ABERGO), que é o estudo da adaptação do trabalho às características fisiológicas e psicológicas do ser humano, as consequências de utilizar uma cadeira que não atenda às necessidades fisiológicas e psicológicas pode ocasionar impacto à saúde. “Desde pequenas dores musculares até lesões irreversíveis, ocasionando o desgaste, possivelmente afastamento do trabalho e stress. A situação prejudica em primeiro plano o usuário e posterior o empregador”, conclui o professor, que indica sempre que antes da compra, o usuário busque orientações de profissionais qualificados sobre os aspectos e requisitos ergonômicos do produto.

Texto: Buriti Jornalistas Associados.

Verão Combina com Água de Coco

Dr Danny Credito Studio 1

As dietas e o verão parecem dois assuntos intimamente ligados. Porém, quem busca emagrecer saudavelmente deve se preocupar em promover uma mudança de hábitos regulares e não creditar o emagrecimento a fórmulas prontas, que prometem um milagre às vésperas do verão. A observação é feita pelo médico, especializado em nutrologia, Dr. Danny Cesar, de Balneário Camboriú, que ao perceber um aumento de pacientes com este tipo de demanda entre os meses de outubro e novembro, prescreve uma reeducação alimentar personalizada, associada à pratica esportiva.

Há pontos consensuais, no entanto, que podem ser sugeridos. Uma dica para este período quente do ano é o aumento no consumo de frutas e vegetais e a ingestão de líquidos, visando a hidratação do organismo. A água de coco natural, por exemplo, é uma aliada da alimentação saudável. Ela possui em média 50 calorias a cada 25o ml e é composta basicamente por água [93%] e baixa taxa de carboidratos [5%], além de conter sais minerais e vitaminas. Entre os minerais contidos estão sódio, potássio, cálcio, magnésio, manganês, zinco e ferro. Há também vitaminas do complexo B [B1, B2 e B5] e vitamina C. Entre os benefícios da água de coco estão seu poder antioxidante, capacidade diurética, melhora no funcionamento intestinal e fortalecimento do sistema imunológico. 

Para quem pratica exercícios físicos, ela mantém a hidratação corporal e atua como respositora de minerais perdidos durante a transpiração. “A quantidade recomendada de ingestão varia de acordo com a dieta, mas costumo recomendar 250ml  de consumo ao dia. Vale lembrar que em casos de diabetes, hipertensão e doença renal, o consumo deve ser controlado e orientado por um médico especialista”, conclui Dr. Danny.

Texto: Ton Antony

Marceneiro é o grande campeão do circuito Wave Run de corridas de rua

José Altanir

O marceneiro José Altanir dos Santos foi o grande campeão da categoria dos 10 KM masculino do Circuito Wave Run 2014. O resultado veio com a soma dos pontos dos dois primeiros lugares assegurados nas provas de Camboriú e Balneário Camboriú e com o segundo lugar conquistado em Itapema. A última etapa da competição foi realizada na noite de sábado, nas areias da Praia Central, em Balneário Camboriú.

José Altanir venceu a etapa com o tempo de 37 minutos e 48 segundos. Este ano a competição foi divida em três etapas, com provas em Camboriú, Itapema e Balneário Camboriú, cidades onde a rede de academias Wave tem unidades. Na prova dos 10 KM feminino a vencedora da etapa foi Aparecida Poliana Franco, com o tempo de 46 minutos e 56 segundos.

largada

O atleta de Camboriú Ojânio dos Santos foi o grande vencedor da competição na prova dos 5 KM. Ele manteve a supremacia frente aos demais corredores vencendo todas as etapas do circuito.  A última conquista do atleta foi na prova de sábado, com o tempo de 17 minutos e 52 segundos, três horas depois de ter representando Camboriú na prova dos 5 KM dos Jogos Abertos de Santa Catarina, que estão sendo disputados em Itajaí. No feminino, as campeãs da competição foram Tayana Nitz, na prova dos 5 KM, e Marlene  Roque Freitas, nos 10 KM. No sábado, a prova dos 5 KM quilômetros foram vencidos por Kelly Franzoi com o tempo de 21 minutos e 25 segundos.

José Altanir, vencedor do circuito na prova dos 10 KM, conta que o resultado é fruto de muita dedicação. Nos últimos oito meses, vinha treinando diariamente em todos os tipos de terreno. “Treinava todos os dias depois do trabalho”, conta. Já Ojanio dos Santos explica que a última etapa foi a mais difícil, principalmente porque horas antes havia participado de duas provas. “Não consegui atingir o meu melhor tempo”, pontua.

A maratonista Kelly Franzoi, vencedora da prova dos cinco quilômetros da etapa, considerou a prova bastante tranquila. “A areia estava bem compacta e isso ajudou o desempenho”, disse. As três etapas do Wave Run fazem parte do maior circuito de corridas de rua do Litoral Norte de Santa Catarina.

Terapia nutricional é indicada para controle de Diabetes

Foto_033-2014 (Diabetes Wikipedia) O Diabetes Mellitus (DM) é o tipo de doença que atinge um grande número de homens e mulheres cada vez mais jovens no Brasil. É uma patologia que se caracteriza por um desenvolvimento normalmente lento e progressivo, que pode surgir em pessoas que possuam familiares com diabetes, como pais ou avós; ou em indivíduos que possuem estilos de vida pouco saudáveis. Estudos mostram uma grande relação entre o excesso de peso, o sedentarismo, o consumo regular de alimentos ricos em açúcares e gorduras e o desenvolvimento do diabetes.

Pesquisas recentes apontaram que pessoas diabéticas possuem de duas a quatro vezes mais chances de desenvolver uma doença cardiovascular, se comparado com pessoas que não apresentam o diabetes. O dia 14 de Novembro é comemorado o Dia Mundial do Diabetes, data que serve para alertar e informar a população e orientar para tratamentos que podem ajudar a controlar a doença.

healthy food fresh vegetable salad and fork

A terapia nutricional, baseada na orientação e no estabelecimento de um plano alimentar individualizado, associada à prática de exercício físico, é considerada a primeira escolha para o controle do diabetes. A nutricionista da Clínica Livon, de Joinville, Sabrina Jubett, recomenda algumas dicas que podem auxiliar no controle e prevenção da diabetes:

Controle o seu peso;
Mantenha-se ativo: pratique atividade física regularmente;
Procure fazer pequenos lanches entre as refeições principais, alimentando-se de 3 em 3 horas;
Escolha alimentos ricos em fibras, como verduras, legumes e grãos;
Opte por preparações culinárias saudáveis;
Evite o consumo regular de alimentos ricos em gordura saturada (ex.: carnes vermelhas, lacticínios gordos, pizzas) e em açúcares simples (ex.: mel, marmeladas, bolos, balas, bolachas).
Informações para a imprensa – Oficina das palavras:

Texto: Patrícia Wippel/Oficina das Palabras

1ª Brasil Kangoo Run Balneário Camboriú acontece neste domingo, 16 de novembro

Prova inédita no país acontece no dia 16 de novembro em Santa Catarina. Corridas de 2,5 km a 5 km com o uso indispensável do kangoo jump deve reunir apaixonados do esporte de várias regiões.

Brasil Kangoo Run

A maior corrida de kangoo jump da América Latina está marcada para o dia 16 de novembro em Balneário Camboriú, Santa Catarina. Competidores de todas as partes do país irão se reunir em uma das cidades catarinenses mais badaladas para cumprir o desafio de correr de 2,5 a 5 km utilizando o equipamento kangoo jump. A organização da prova é realizada por quem mais ent frente mar onde os adeptos do esporte compram seus equipamentos e acessórios, alugam, tem aulas e contam com assistência técnica e peças de reposição. Inscrições já estão abertas e devem ser realizadas até o dia 10 de noende do assunto: a única loja física oficial da Kangoo Jumps no Brasil com orientação da Corre Brasil. A loja se localizavembro.

O kit atleta será distribuído um dia antes da corrida e inclui camiseta, chip eletrônico, número de peito e brindes dos patrocinadores. Exercícios de aquecimento e alongamento serão realizados antes da largada com orientação de profissionais de educação física. E depois da corrida a festa continua com muita animação e alto astral, dj e apresentações de dança com kangoo de grupos participantes prometem não deixar ninguém parado. Haverá distribuição de isotônicos e frutas selecionadas na chegada. Massagem com fisioterapeutas após a corrida é mais um diferencial. Todos os participantes irão receber medalha de finisher. Receberão troféu os cinco primeiros colocados na categoria geral masculina e feminina das provas de 2,5 e 5km. Os vitoriosos ganharão também kangoos para os primeiros colocados e presentes da marca para as demais colocações.

Benefícios do Kangoo Jump 
Equipamento de fabricação suíça chegou ao Brasil para ficar.  Utilizado tanto nas academias, como também em caminhada, corrida, dança, treinamento funcional e ginástica localizada. É indicado por médicos e fisioterapeutas na prática de exercícios por absorver cerca de 80% do impacto nas articulações nos joelhos, tornozelos e coluna. Também é utilizado para o tratamento de lesões.

 
O uso do kangoo jump traz também outros benefícios que vão desde perda de peso, em 45 minutos pode-se queimar até 800 calorias, e o melhor, com diversão, pois o equipamento é lúdico. Melhora a tonificação dos músculos, o equilíbrio, postura corporal e concentração além de diminuir o impacto nas articulações. Reduz até mesmo a celulite já que auxilia na circulação da linfa – líquido presente no corpo que ao ser estimulado elimina a celulite.

Serviço
O quê: Brasil Kangoo Run Balneário Camboriú
facebook: www.facebook.com/kangoojumpsbc
www.meukangoo.com
Quando: domingo, 16/11
Horário: largada às 09 h
Local: Parque Unipraias – Av. Atlântica, 6006 – Barra Sul – Balneário Camboriú – SC
Mais informações: (47) 3363-3060
Entrega dos kits
Data e local: sábado, 15/11na loja da Kangoo Jumps – Av. Atlântica, 3480 esquina com a rua 3.300 Horário: das 10h às 19h

Texto: Equipe Marketing Corre Brasil

Óticas Carol inaugura primeira loja em Itajaí

foto.

Inaugura no dia 7 de novembro a primeira franquia das Óticas Carol em Itajaí. Com mais de 16 anos de expertise no setor e 700 lojas espalhadas pelo Brasil, a marca é considerada pela Associação Brasileira de Franchising, a maior rede de ópticas do Brasil e está entre as 10 franquias que mais cresceram em 2013, dados que comprovam sua valorização e o reconhecimento do consumidor.

Única rede do segmento com Laboratório Digital próprio no país, as Óticas Carol também investem na venda de marcas exclusivas e licenciadas de armações, como TNG, Hang Loose e Lorrane, além de marcas referências como Ana Hickmann, Ray Ban, Carrera, Mormaii, Colcci, entre outras.

A empresária responsável pela abertura da loja em Itajaí, Gabriela Kelm, conta que conheceu a marca através da principal feira de franquias no Brasil e, a partir daí, ficou fascinada com todo o conceito que envolvia a empresa. Seu próximo passo foi conversar com amigos da área e aplicar cliente oculto em lojas da rede. “Também investimos em um estudo de mercado e no levantamento potencial da região e optamos por abrir a loja em Itajaí”, explica.

Além disso, a empresa é conhecida por oferecer luxo a um preço acessível, já que trabalha com grandes grifes e possui um poder de compra maior por conta do tamanho da rede.

A empresária Gabriela Kelm - Crédito Ricardo Machado

Serviço:
O que: Inauguração das Óticas Carol
Onde: Avenida Marcos Konder, 1207 – Centro – Itajaí.
Quando: 7 de novembro

Pink Party: uma noite de emoção, conscientização e solidariedade

Coquetel foi promovido pela Clínica Andy Ern em benefício do projeto Banco Autoestima

Poesia-145

A “Pink Party” celebrou o Outubro Rosa em grande estilo na última sexta -feira, 24 de outubro, no salão de eventos do Centro Empresarial Embraed, em Itajaí. O even- to reuniu personalidades do Vale do Itajaí, jornalistas e pessoas ligadas à luta contra o câncer de mama. O evento foi promovido pela clínica de cirurgia plástica e reparadora Andy Ern.

Em um clima de descontração com música, workshop de maquiagem, oficina de lenços e até coquetéis cor-de-rosa; os convidados tiveram a oportunidade de interagir com as blogueiras oncológicas Renata Vittorato, de São Paulo, criadora da página de sucesso nas redes sociais “O câncer com leveza” e Silvânia Gonçalves, de Joinville, criadora do perfil Onco e Fitness, que já possui mais de 16 mil seguidores. Renata e Silvânia estavam no evento como representantes do Banco da Autoestima (BAE), projeto que ajuda a elevar a autoestima de mulheres com câncer de mama em todo Brasil.

Poesia-87

O projeto Banco da Autoestima foi idealizado por Camila Almeida, diagnosticada com câncer de mama aos 31 anos. Entre outras ações, o BAE realiza doação de kits contendo bijuterias, itens de maquiagem, lenços e perucas a mulheres diagnosticadas com câncer em todo o país. Os convidados levaram lenços e itens de maquiagem como doação ao projeto. Na festa também foram vendidas pulseiras com renda 100% revertida para o Banco da Autoestima.

Idealizadora da Pink Party, a administradora da Clínica Andy Ern, Thalyta Ern, afirma que nos 10 anos de realização de procedimentos de cirurgia plásticas na clínica foram diagnosticados 20 casos de câncer de mama por meio dos exames pré- operatórios. “Todas as nossas as pacientes conseguiram a cura, porque o câncer ainda estava em fase inicial. É por isso que decidimos realizar este evento, que mesmo em forma de celebração, traz a importância da prevenção ao câncer de mama e a nossa preocupação com a saúde da mulher”, afirmou a empresária.

A importância da autoestima para pacientes oncológicos

Em um discurso que emocionou a todos os presentes, Thalyta Ern, falou de como o tra- balho da Clínica Andy Ern está ligado à autoestima de pacientes oncológicos. “Hoje o nosso procedimento mais procurado é o de colocação de prótese de silicone, mas também realizamos, entre outros procedimen- tos, a cirurgia reparadora. E são nesses momentos que eu e o Dr. Andy podemos ver o quanto esse procedimento é importante para o resgate da autoestima das mulheres que passaram pelo câncer de mama”, explica.

Poesia-310

As blogueiras Renata Vittorato e Silvânia Gonçalves também discursaram e agradeceram à Clínica Andy Ern, aos apoiadores e ao público o incentivo dado ao Banco da Autoestima. Elas falaram aos convidados sobre as realizações do projeto. “Nós decidimos doar não apenas perucas, mas kits de beleza com- pletos, porque vimos o quanto isso fazia diferença na vida das mulheres que passaram pelo câncer de mama”, disse Renata Vittora- to, que hoje está com o câncer de mama em remissão, fazendo apenas exames de controle.

A blogueira Silvânia Gonçalves ainda está em tratamento de câncer de mama. Ela, que já incentiva milhares de seguidoras a manter a rotina de exercícios físicos por meio da página Onco e Fitness, também destacou sua felicidade em participar de projetos como o Banco da Autoestima. “Estamos em contato direto com as beneficiadas por meio de car- tas, e-mails, redes sociais. Percebemos que ajudar outras pessoas com câncer nos deu forças para encarar melhor o nosso próprio tratamento”, finaliza.

Poesia-136

Além do clima de confraternização e solida- riedade a Pink Party também foi marcada pelo capricho na organização e nos detalhes. Desde a decoração, ao serviço de doces e salgados, os garçons vestidos de camiseta rosa, à boa música que ficou por conta do Volnei Varaschin. Os drinks cor-de-rosa, deram um charme à festa e foram servidos na versão com e sem álcool. O drink Pettit Bell (foto) foi criado especialmente para a Pink Party em homenagem aos os primeiros médicos a remover os gânglios linfáticos e tecido mamário: o cirurgião francês Jean Louis Petit (1674–1750) e o cirurgião escocês Benjamin Bell (1749–1806).

Poesia-376 Poesia-374 Poesia-373Poesia-90Poesia-182Poesia-132 Poesia-107Poesia-88

Texto: Walkiria Vekade/ Fotos: Guma Miranda.